25/07/2020

Eslovaca que ia visitar a mãe em Rotherham, na Inglaterra, vai parar em Roterdã, na Holanda

By Antoine Schaller

Uma eslovaca que ia visitar a família da mãe em Rotherham, na Inglaterra, comprou por engano uma passagem para Roterdã (Rotterdam na grafia original), na Holanda.

O pesadelo de  Zuzana Caputová começou quando aceitou uma dessas balas japonesas, de intenso sabor cítrico. Está provado que balas muito azedas são capazes de alterar o estado de consciência de certas pessoas. Saindo às pressas para o aeroporto, antes de pegar o Uber que estava à sua espera, não hesitou em aceitar uma balinha dada pela filha da vizinha.

Balas azedas da filha da vizinha.

Chegando ao balcão, já não conseguia articular perfeitamente suas frases, no que acabou por comprar erroneamente uma passagem para Roterdã, milhares de kilometros distante do local correto.

Ela chegou à cidade holandesa sem dinheiro e sem saber falar holandês ou inglês e pediu ajuda à polícia.

A polícia disse, no Twitter, que o engano ocorreu porque a mulher “não é articulada e seu conhecimento topográfico não é muito bom”.

Os policiais arrumaram abrigo para a senhora na noite desta quarta (22) e a encaminharam para uma entidade que iria ajudá-la a encontrar sua família.